sexta-feira, 13 de julho de 2012

Lesão na Catedral

O rider Crispim Ponte, batizou hoje uma grota da Catedral com o seu nome. Deste batismo resultou um dedo fraturado. Tudo isto resultou enquanto treinavamos de bike de DH. Na altura pensei que a coisa fosse mais grave. Felizmente o acidente foi ligeiro e na zona inícial do trilho. Mesmo assim deu para refletir sobre as consequências da eventualidade de ter acontecido algo mais sério e no meio do trilho. Sair dali não é de todo uma ação fácil. Deixo aqui o desejo de uma rápida recuperação e um rápido regresso.

5 comentários:

Davide disse...

Melhoras amigo!!!!!

PPacheco disse...

Grande abraço Crispim ! Melhoras.

É na realidade um trilho de muito difícil evacuação em caso de chatice. Pouco tempo após o início estamos logo no meio do nada e o regresso aos carros, única alternativa, atendendo a que o fim do trilho ainda fica longe da civilização, torna-se penoso.
Devemos todos ter consciência disso e curtir sempre com cuidados redobrados !

Crispim Ponte disse...

Pois acontece a quem pratica...
A roda da frente fugiu e fui embater no único tentáculo de terra e pedra que ali estava. Meti as mãos para amortecer e proteger a cara e pronto foi-se o dedo e ainda fui parar lá para a grota.
Ainda tive de meter o dedo no sitio, porque estava fora do lugar.
Enfim, um grande obrigado ao Mestre Luís que me trouxe a bike para cima, levou-me até ao hospital e forneceu-me os sacos milagrosos de azoto.
Pedro Mendonça um obrigado pela ajuda.
Abraços a todos, um grande obrigado e bons rides.

RJG disse...

As melhoras.
O trilho é tão perigoso como muitos outros o são, quando tem que acontecer acontece, se este trilho é perigoso o que dizer do simply the best, do Pedra Torta etc.
Já agora a foto está horrivel.

Garcia disse...

As melhoras! E como diz o ditado, no scratches, no story!
Daqui a 4 semanas estás novo!