sexta-feira, 31 de julho de 2009

Santa Volta

Das terras altas e humidas do Pico Alto até aos terrenos duros da Baía dos Anjos passando pelos relevês "fun" do Barreiro da Faneca, fizemos um ride memorável. Mario "sabone" Medeiros, deu o que tinha e o que não tinha pelas canadas abaixo, protagonizando um dos momentos do dia. O Narciso na sua primeira "bike trip" Regional , mostrou toda a sua raça de "freerider" e desfrutou ao máximo a beleza da ilha. As paisagens típicas fazem as delícias de quem gosta de um terreno fora do vulgar. O enquadramento natural e a singularidade dos locais são uma constante em qualquer "ride".
Estadia Cinco Estrelas: Casa da Bela Vista

quinta-feira, 30 de julho de 2009

"Cactus Trail"

Já andei um pouco por todo o tipo de terreno, mas em Stª. Maria encontramos um trilho único nos Açores. Single track no meio de cactos, um trilho digno de um "western movie". Cair aqui pode ser a experiência mais dolorosa que um rider pode ter. Para além da adrenalina provocada pelos declives do terreno, estes vegetais dão um toque especial à coisa, acreditem. Trilho não aconselhado a quem tem problemas de equilíbrio e azar com furos.

O esterco está por todo o lado...

Seria bom um passadiço neste trilho para passar por aqui, sem estragar a vegetação.

quarta-feira, 29 de julho de 2009

De volta as lides...


Aproveitando que estou de férias, resolvi ligar ao João para irmos dar um ride, visto que o homem tem uma bike nova á 2 meses que nem um risco tem, o que é uma vergonha, e assim lá fomos para a zona de Água de Alto fazer a subida da marquesa para depois descer pela levada, o tempo esteve sempre de chuva, mas acho que nunca tive tanto prazer em apanhar chuva como hoje, principalmente na subida, de salientar que o João era um daqueles tristes Micaelenses que nunca tinha visto a lagoa do fogo de perto, provavelmente nunca mais vai ser o mesmo...lol.

terça-feira, 28 de julho de 2009

Reconhecimento nas Pedras de S. Lourenço

No trilho da Fajãzinha sobranceiro à bonita baía de S. Lourenço (não confundir com o Barrote), desceu-se o mais difícil trilho de Stª. Maria.
video

Foi o 1º dia de reconhecimentos, logo com uma trialeira brutal em pedra, que foi descida na perfeição pelo Narciso que ainda teve tempo de filmar os sobreviventes.
Uma perna negra, inchada e dorida foi saldo do final do dia. Hoje houve mais e melhor mas isso é outra história.

terça-feira, 21 de julho de 2009

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Porto Afonso - Bike park

Na ponta noroeste da ilha Graciosa existe um local que faz lembrar o Barreiro da Faneca de Stª. Maria. Um local de terra avermelhada cheio lombas e relevês com alguns declives e pedras enquadrados numa bonita zona de salgueiros.
Este autêntico bike park natural, possibilita inúmeras linhas, dependendo daquilo que se pretende. Este não é o local indicado para quem gosta de fazer o passeio tradicional de bicicleta, aqui olha-se o terreno escolhe-se a trajectoria e anda-se, repete-se vezes e vezes sem conta até passar-mos para um outro monte de terras e pedras.Neste local, pretende-se tirar máximo partido do terreno, explorar e inventar o mais possível.
Bike Apoio: CARREIRO&COMP. LDA/SPECIALIZED

domingo, 19 de julho de 2009

A Ilha Branca.

Estamos a norte das restantes ilhas do grupo central e do cimo do Pico Timão podemos avistar alguns dos cumes que além mar já descemos. Desde o "punk ride" do Faial ao "folk ride" da Terceira passando pelo "pop e Heavy ride" do Pico e S. Jorge chegou a altura de desfrutar o "chill" da Graciosa.
Trilhos descontraidos e de grande enquandramento visual, fazem as delícias de quem gosta de um freeride longo de final do dia. Com o pico mais alto na casa dos 400 e tal metros podemos contar com boa visibilidade sobre os recantos mais belos da ilha.
A presença do asfalto é grande e fiquei a imaginar como seria andar em certos locais antes da invasão da "ameaça" negra que já entra bem no coração dos trilhos desta ilha. Para quem gosta de "estrada" tem agui um futuro centro de estágio.Mas não se enganem, este local tem as suas dificuldades. Com um pouco de imaginação e depois de alguns reconhecimentos pode-se encontrar alguns trilhos bem interessantes que culminam todos eles numa zona de "banhos" de mar, aí o relaxamento é garantido, nas cristalinas águas da ilha branca.
Bike Apoio: CARREIRO&COMP.LDA/SPECIALIZED

terça-feira, 14 de julho de 2009

Ponte de Lima - Rescaldo 1


Pesquisa fotográfica: João Pacheco.

Tá feito, pró ano á mais.

"epá a meta é ja aqui"


“…melhor conselho p/ ti, que te dou, é quando houver o "primeiro esticão" vê bem quais são os adversários/colegas que estão ali ao pé de ti...e vai na roda deles ;), não os largues por nada, pq n há nada pior na estrada que ficar no alcatrão sem ninguem p/ ir trocando a roda.”

Palavras sábias do Rui Dias que adivinhava o que me iria acontecer. Depois de um arranque algo lento e de ter levado algum tempo a colar no pelotão eis que a 500 m antes de se começar a descer na zona do Mosteiros, alguém decidiu acelerar, e pronto…”here I go again on my own…” até ao fim da prova.
Foi um bom contra relógio individual onde não se via um palmo á frente do nariz em certas zonas, onde se apanhou gado, tractores, carrinhas, lama, me..da, muita me…da, chuva e sol na “cachola” com vento de frente para finalizar a estafa.
Na impossibilidade de correr no Nordeste ficou concluída a minha incursão anual nas estradas de Stº António.
O nível está alto e ainda bem, quer dizer que o pessoal anda a levar a coisa a sério. No entanto esta prova abre um precedente em relação a condições meteorológicas de competição. Quem compete naquelas condições em estrada compete em qualquer condição numa prova de XC, onde o circuito é fechado e não está sujeito a qualquer influência externa que ponha em perigo os atletas. Por isso a partir do ultimo sábado sou contra qualquer tipo de cancelamento de provas devido ao estado do tempo excepto em caso de furacões, tsunamis, abalos sísmicos e erupções vulcânicas ou alerta da protecção cívil.
É de salientar o trabalho de alto nível da UCI e dos Motards que foram espectaculares.
Parabéns ao Davide, Jorge e ao Almeida que protagonizaram, na minha opinião, o momento ciclístico do ano captado pela lente do DJ Sousa.
Para o ano á mais estrada até lá faltam os 230 km da volta á ilha num só dia lá para os lados de Agosto.

Cãibra nº 10.999

domingo, 12 de julho de 2009

Ponte de Lima - Dia 3 - Os Resultados

Está concluida mais uma participação da NOSSA SELECÇÃO no Campeonato Nacional e as coisas não poderiam ter corrido melhor depois de alcançado um podíum Açoreano.
Mais uma vez o Nando esteve em grande e mostrou que é um dos melhores downhillers Nacionais e talvez Europeus, com idade acima dos 40 anos. Após uma entorse do tornozelo contraida no dia de treinos Nando tira o crono de 3:29:304 o que lhe dá o segundo lugar da classe e o 138º tempo da geral.
Em grande forma esteve também o vencedor da Taça anima 2009 Francisco Bettencourt fazendo o tempo de 3:15:181 que lhe deu o 63º tempo á geral e o 33º lugar na classe elite. Foi uma excelente prova do Chico a mostrar que é o atleta a bater no nosso DH Regional. O segundo Açoriano mais rápido foi o António Jorge que tirou o 115º lugar, 56º elite com o crono de 3:24:187. Surpresa para muitos, mas não para mim, foi o junior Álvaro Pereira, sendo o 3º melhor Açoreano em 124º lugar da geral, 21º junior com o tempo de 3:25:883.O "team leader" Nuno Narciso ficou logo atrás com a 135ª posição com o tempo de 3:28:522. O mais "novim" do gang Pedro Torres foi o 25º cadete mais rápido em pista com o tempo 3:48:720 o que lhe deu direito a um 190º lugar na tabela final. A fechar a participação da equipa ficou o Mark com o 192º lugar sendo o 40º junior com o tempo de 3:48:932.
Participaram nesta prova 222 atletas sendo a mesma vencida por Cláudio Loureiro que deu 5 segundos ao Emanuel Pombo que fez 2º, em 3º ficou um junior de seu nome Francisco Pardal e em 4º ficou o "irmão pijama" mais velho Marco Fidalgo.
Segundo o Narciso a prova teve um nível muito elevado e com malta muito nova a andar muito, só para terem uma ideia, o 1º cadete faz 13º á geral.
Penso que é uma participação positiva que enche de orgulho a recém nascida ACA.
Para o ano á mais, até lá temos o Nacional de DHU em Ponta Delgada e depois férias onde recomendo descanço e ideias novas de modo que o DH Açoreano dê um passo á frente.
Parabéns a todos.

sábado, 11 de julho de 2009

Ponte de Lima - Dia 2 - Os treinos

Hoje não há registo em fotos, o tempo foi passado a treinar.
A pista é um espectáculo, com pouca dificuldade técnica mas muito rápida, tem umas excelentes zonas de pedras, buracos e pequenos releves, os saltos, existe dois Road Gap's um voa-se baixinho e outro já se anda noutras alturas, todos os Açorianos estão a saltar os dois. Com as passagens de perto de 200 atletas as coisas vão ficando piores e ainda mais duras juntamente com o pó e calor ( é só perder peso ).
Todos adoram a pista, a maioria fez umas 7 a 8 descidas hoje, mas houve quem precisasse apenas de uma para treinar...
No final há um lesionado, o Nando que está em duvida para competir amanha, colocou o pé mal no chão e parece que tem um entorse ou algo assim.
Para a amanha há quem diga que vai haver surpresas na classificação, será que é um pódio de algum Açoriano!?

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Ponte de Lima - Dia 1 - O Percurso.

Chegadadinhos ao local da prova o nosso team não perdeu tempo e fizeram-se ao percurso. Segundo o nosso correspondente de serviço, as primeiras impressões são positivas, revelando-se o traçado muito rápido, largo com boas opções, 2 gaps espectaculares. As minhas suspeitas confirmaram-se e a mata das fotos tem um solo algo mole por isso vai haver muitos regos, mas nada que a malta não esteja habituada. Amanhã preve-se um longo dia de treinos por isso neste momento já tá tudo jantado e a modos de dormir, lol.
A principal notícia que corre por aqueles lados prende-se com o despedimento de Emanuel Pombo do team Run&Bike. Pombo é simplesmente o actual campeão de DHU e neste momento está em 1º na Taça de Portugal. Vamos tentar confirmar esta notícia e continuar a acompanhar a evolução da NOSSA SELECÇÃO.
Entretanto ficam mais algumas fotos do percurso já marcado.
A malta a preparar-se para o passeio, António a manter-se hidratado com uma aguinha de luso.
A típica conversa do "eu ia por ali...por aqui corta caminho..."
A pedras agora com fitas.
A rampa de lançamento, vá lá que ao final do dia o sol dá nas costas e não nos olhos.
A recta da aterragem, como podem ver, espaço é o que não falta para travar, se o gap fosse em S. Miguel a recta era mais curta porque têm sempre umas "conteiras" á frente para amparar a queda.
Pela direita ou pela esquerda? Hê mê ric ôme, é sempre pá frente, a dá pá chapa.As matas inclinadas dos regos e com pedras. Lá embaixo acaba a prova, entretanto á que pedir autorização á torre de controle para mais um vôo.

"Here I go Again"

O tema dos "late 80's" da banda de Hard Rock Whitesnake vai servir de inspiração para a loucura deste fim de semana. Vai ser lindo!! Bem, desde o ano passado que decidi que anualmente iria fazer uma prova de estrada, a escolhida seria a do Nordeste (simplesmente magnífica e desafiante). Fui motivado também, pelo facto de nunca nenhum (é o que consta) Açoreano ter feito na mesma época a três disciplinas do ciclismo Federado. Só o Jorge este ano repetiu o feito, sendo até agora, o unico rider a ter vitórias no seu escalão nas três vertentes, mas em épocas diferentes.
Adoro ver Estrada, gosto das bicicletas e do esforço de andar de Estrada, não gosto do asfalto, do trânsito e detesto a disciplina e o rigor que é necessário quando se quer competir na estrada, mas admiro quem o faz.As minhas características XL não encaixam de maneira nenhuma no perfíl 86-60-86 dos estradistas, bem como naquela depilação e tretas de beleza adjacente. A lycra ainda vai, mas o resto, simplesmente não condiz com a minha maneira de ser. LOL
Brincadeiras á parte, a depois do sucesso do XC em 2009 estou perfeitamente convencido que a Estrada vai ter em 2010 ou ainda mesmo este ano, a sua melhor época, mas como acho que ainda não existem mais de 100 bikes no activo a rolar por aí, aponto 2010 como o "ano da Estrada".
Amanhã vai ser sofrer ao puxar estes 95 kg por aquelas subidas acima com a minha cassete 11-25. Vai doer á isso vai.
Abraço a todos.

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Ponte de lima "course walk"

É já este fim de semana que a nossa selecção se faz á estrada para mais uma edição do Campeonato Nacional de DH.
Já que o Freecaster não transmite a prova e como não temos o Rob Warner a mostrar as secções da pista deixo aqui algumas fotos que encontrei no site do Sousa - Freeridezone.net
Ao que parece a pova começa aqui, pela experiência que tenho de fotos e filmes se na imagem parece-vos inclinado na foto é porque na realidade é muito mais inclinado.Uma zona sempre a abrir, devem meter uns "pulos" pelo meio.Aqui deve ser um salto, por isso preparem-se para voar.
Mais uma zona rápida, pelo menos parece.
Esta secção tem alto aspecto
Esta tem ainda melhor aspecto, (parece uma zona que conheço no Pico) tem ar de ser muito inclinada e aqueles degraus devem ser grandes, puxem bem estas frentes.Uma curva bem bonita na barreira.
Um descida tipo "Gorreana", parece que tem um degrau no fim, pelo menos parece.
Isto aqui deve ser a mata do lado de baixo do caminho que se vê na foto acima, deve ser inclinada qb.
Deve ser a mesma mata, parece-me que esta zona de pinheiros tem o solo pouco compactado, de certeza que se vão formar regos gigantes nesta mata, um belo local para testar umas linhas alternativas.Foi a ultima foto que encontrei deve parece-me uma lomba para levantar vôo, pelo angulo da foto, zona rápida de certeza. A organização a esta altura já deve ter "kitado" este local todo com os mais diversos obstáculos por isso "esperem o inesperado". Aproveitem mais esta oportunidade para ver o que de melhor se faz em Portugal, dignifiquem o DH Açoreano e a nossa Região, espero que se divirtam bastante sem esquecer que estão a participar numa competição e não a fazer turismo.