sábado, 23 de janeiro de 2010

Dos furos ao pedra, ainda são uns bons Km

O momento mais esperado do raid.Os estreantes.
A subida de carrinha, nunca falha
A rota pelo GPS do Garcia. A rota pelo meu, será que andamos pelo mesmo local?
Está concluído mais um raid mensal á terra das "cheeseburgures" mais famosas do BTT micaelense. Tivemos lá em Novembro, Dezembro e agora em Janeiro, como dizia um rider hoje á tarde "...isto nunca está igual". Hoje os percalços foram alguns, curiosamente já ninguém fura no "paraíso dos furos", mas houve quem senti-se na pele a suave textura do solo deste trilho. Estreou-se material que dada a sua juventude e alguma falta de aperto ficou a "babar-se" com o andamento e entusiasmo do seu dono no ataque aos trilhos. A tecnologia de imagem e registo GPS também não quiseram colaborar e as crises energéticas dos aparelhos apenas deram para meia viagem. Mas como a ultima imagem é aquela que enche (não estou a falar do almoço), fica o registo na retina de mais uma passagem dos "infernos" na Pedra Torta, com as bikes e o corpo a aguentar as "tormentas" por ali abaixo. Depois vem o "céu" sob forma de descanso, roupa seca e (agora sim) comida no estômago.

2 comentários:

Pedro disse...

Foi muito bom, apesar do percalço !
A bike é 5* e como é óbvio, faz uma diferença abismal de tudo que já tinha experimentado, principalmente da GT Azulinha.
Grande segurança, firmeza e agilidade na passagem dos trilhos e obstáculos.

PS - O problema técnico foi resolvido prontamente e sem questões, como seria de esperar !
Em principio para a semana a coisa vai, novamente!

Abraço a todos e obrigado pelo passeio.

melo disse...

Ainda bem que não era nada, foi um prazer a vossa companhia é sempre engraçado ver as reacções do pessoal que passa pela 1ª vez nestes locais. Uns juram para nunca mais outros ficam "agarrados" a estas voltas.
Abraço.